Com o processo de Alzheimer, Amor & Histórias dos meus pais, o berço das minhas crenças aflorou a olhos vistos… os sentimentos deles em relação a situações do cotidiano, me mostravam de onde eu vim…

Comecei então a fazer as pazes com meu passado, a me perdoar por me julgar, a liberar culpas e a entender, que tudo é perfeito.
GRATIDÃO É UMA GRANDE CHAVE.