Em todo momento podemos escolher nossa atitude !

O que você faz quando pega o ônibus errado?

Uma situação que pode acontecer com todos, mas o que fazer com ela é uma decisão individual.

Eu sabia o destino no qual eu queria chegar, conhecia o numero do ônibus, tinha uma noção do trajeto, e estava com o horário correto.

Na parada do ônibus as pessoas aguardavam seus destinos, ouvindo musica ou enviando mensagens em seus celulares, algumas sentadas e outras em pé, a maioria em silêncio.

Quando chegou o ônibus com o numero correto, vi como a vida pode ser simples, procurei um lugar ao fundo para ver a paisagem e fui absorvendo tudo que eu via.

Foi quando eu me dei conta que o caminho não era aquele, mas pensei, será que se eu aguardasse um pouco mais ele voltaria para o caminho que eu conhecia? Resolvi aguardar alguns minutos.

Porém na vida às vezes aguardamos anos e anos dentro do ônibus errado esperando que o percurso mude, e muitas vezes não nos damos conta que é a nossa atitude que irá mudar algo.

Falando com o motorista descobri que o próximo ônibus que passaria lá, seria ele mesmo na volta, eu poderia parar, descer, e aguardar ele passar de volta.

Vi claramente como a vida sempre nos dá opções, e não escolher é também uma opção, mas em geral nos sentimos sem opções por termos que escolher entre duas situações que não são das mais agradáveis. O que fazer?

Em meu trabalho sempre sugiro para meus “coachees” avaliarem sua área de poder, influência e a área na qual não temos nem poder nem influencia, que com certeza é a maior de todas.

Incrível quando avaliamos nossos desejos, eles estão na área da qual não temos alcance, pois nesta situação, eu não posso criar um novo horário do ônibus, não posso pedir para o Motorista voltar, não posso voltar o tempo, e etc.

O que de fato eu posso fazer quando não se há nada para fazer? Eu posso escolher minha atitude. Eu sempre tenho o poder de escolher minha atitude, ninguém a escolhe por mim, ninguém tem o poder de nos fazer nos sentir desta ou daquela forma, é uma escolha é uma nossa, e precisamos ser responsáveis com as nossas escolhas.

E quando soube que levaria 2h para eu chegar a minha casa, em uma viagem que em geral leva 15 minutos, eu escolhi a minha atitude, escolhi desfrutar da situação.

Sentei no primeiro banco, o ônibus foi esvaziando, o motorista foi me mostrando as paisagens, me contou sobre a história do lugar, me deu algumas dicas e sugestões.

Esta foi realmente uma viagem incrível, e não é tão ruim quando confiamos que às vezes pegar o ônibus errado pode ser muito bom! Confiar é uma chave que abre muitas portas.

E sempre podemos escolher nossa atitude diante da vida.

 

2018-03-05T17:29:26+00:00 20/04/2015|Reflexões da Carmen|